Dicas de estudo para a prova da Prefeitura de SP

10689470_579678048802584_7745478495838218657_nConforme prometi no vídeo que gravei sobre o Edital da Prefeitura de SP  semana passada, montei esse post com dicas de leitura e estudo em cima das minhas análises sobre as provas da VUNESP. Tenho estudado bastante o estilo da banca e no curso intensivo que vou ministrar  pretendo passar os principais pontos para os alunos. Uma prévia você vê agora 😉

Se você não viu o vídeo , é só clicar!

Esse concurso tem características bem peculiares. Como é um concurso de prefeitura e o local de trabalho dos futuros 95 servidores será ou uma biblioteca pública ou escolar muitos tópicos sobe mediação de leitura, leis de incentivo a leitura e ao livro, formação de leitores vão ser cobrados. Algumas indicações nessa área:

Em 2015 o Sistema Municipal de Bibliotecas de São Paulo está constituído por 107 bibliotecas, sendo 51 bibliotecas públicas, a Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato, a Biblioteca Mário de Andrade, as quatro bibliotecas do Centro Cultural São Paulo – CCSP, as 46 bibliotecas dos Centros Educacionais Unificados – CEUs, a Biblioteca Ruth Cardoso do Centro Cultural da Juventude – CCJ, a Biblioteca do Arquivo Histórico Municipal, a biblioteca do Centro Cultural da Penha e a biblioteca do Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, e os Serviços de Extensão com 13 Bosques da Leitura, 14 Pontos de Leitura e 72 roteiros semanais fixos do Ônibus-biblioteca. Conheça e estude o site do sistema AQUI

Leia o Manifesto da IFLA sobre Internet AQUI

Leia sobre o Sistema Nacional de Biblioteca Públicas AQUI

Livro bacana que achei chamado Biblioteca de C.E.U. – Como plataforma de inclusão educacional, social e cultural “tem como questão primordial expor considerações sobre o papel das bibliotecas e dos bibliotecários das unidades denominadas de Centro Educacional Unificado (CEU), evidenciando a convivência introdutória entre as formas de informação (imprensa, virtual e digital) dirigida à públicos de idades diferentes frente à sua realidade.” AQUI

Dissertação interessante sobre mediação de leitura AQUI

Ações Culturais na Biblioteca SP, artigo muito bom AQUI

Um outro tema que tenho visto cair bastante nas provas da VUNESP e não é tão comum assim em outros concursos são as Estruturas Organizacionais, por exemplo  ess questão é da Prefeitura de São José do Rio Preto em 2012: 

questão

O gabarito é letra B,  mas você sabe a diferença entre uma estrutura funcional, linear e linha-staff ?

Para aprofundamento nesse tópico indico ler esse excelente post  AQUI do Esquemaria, com infográficos que mostram as diferenças das estruturas e ainda questões comentadas sobre o tema.

Sobre CDU a Vunesp adora essa questão aqui:

CDU

 

Essa é da prova da Prefeitura de Marataízes 2014, e o gabarito é letra A.

CDU 2

Essa é da UNESP 2010, gabarito B

CDU 3

Esse é do Ministério Público do Estado do Espírito Santo e o gabarito é B.

Como vocês podem ver em várias provas  elaboradas pela VUNESP vi cair de diferentes maneiras essa afirmação de que as tabelas auxiliares comuns indicam características repetitivas em todas as tabelas principais. Atenção!

Sobre ABNT importante decorar os números/títulos das normas eles gostam de cobrar essa decoreba chata, além de análise referências, praticamente cai em toda prova. 

Sobre Serviço de Referência, VUNESP AMA as 8 etapas de Grogan, TEM QUE SABER! Veja os exemplos:

grogan 1

Gabarito: E , retirada da prova do Tribunal de Justiça do Pará de 2014.

grogan 2

Gabarito D, da prova da prefeitura de Presidente Prudente, 2012.

E ainda essa outra questão:

grogan 3

Essa é da Prefeitura de São José dos Campos, 2012 e o gabarito é letra E.

Conseguiram perceber nesses exemplos como a banca VUNESP se repete? A maior dica é: Faça MUITAS provas!

 

Espero que esse post te ajude a estudar de forma mais direcionada para esse edital. Falta um pouco mais de 1 mês para  a prova e cada dia de estudo é importante, não perca o foco! Lembrando que as inscrições no concurso vão só até dia 14/10! Não vá perder a data heim!

 

Se você ainda quer se inscrever no meu curso intensivo, as inscrições  para aula do RJ vão até essa quinta dia 15/10 e a aula já é nesse sábado dia 17/10!  E em SP inscrições até 5/11 com aula em 7/11. Ambas as turmas com vagas ainda, porém limitadas. Se eu fosse você não perdia essa chance, tá ficando lindo o material e tem muito mais dicas nesse estilo 😀

Dúvidas por favor me mande um e-mail: santabiblioteconomia.com

 

 

Ranganathan não faz milagre, estudar sim!

Beijos Thalita Gama

 

Gestão da Informação e Gestão do Conhecimento: Uma visão geral

preview1

 

Olá,

gestão da informação e do conhecimento é um assunto bem recorrente nos concursos e pode confundir a cabeça de muita gente. Fiz esse post com a intenção de te ajudar a diferenciar cada um desses conceitos e principalmente ter uma visão mais clara sobre esse assunto.

Para começar é preciso saber bem a diferença entre conhecimento Tácito e Explícito. Cai muito nos concursos!

Tácito: Vem do aprendizado pela experimentação, e é internalizado, pessoal, sendo difícil de explicar. 

Explícito: O conhecimento que pode ser documentado e rapidamente replicado.

Sabendo isso podemos diferenciar quê: 

A gestão da informação é um conjunto de estratégias que visa identificar as necessidades informacionais, mapear os fluxos formais de informação nos diferentes ambientes da organização, assim como sua coleta, filtragem, análise, organização, armazenagem e disseminação, objetivando apoiar o desenvolvimento das atividades cotidianas e a tomada de decisão no ambiente Corporativo. A gestão documental está inserida aqui também.

A gestão do conhecimento é um conjunto de estratégias para criar, adquirir, compartilhar e utilizar ativos de conhecimento, bem como estabelecer fluxos que garantam a informação necessária no tempo e formato adequados, a fim de auxiliar na geração de idéias, solução de problemas e tomada de decisão.

As duas gestões convergem para o fato de que pretendem apoiar/subsidiar as atividades desenvolvidas no dia-a-dia, e a tomada de decisão na organização.

Para isso, focam fluxos informacionais diferenciados

gestão da info e do conhe* Toda essa postagem foi baseada neste artigo AQUI da Valentim.
Slide muito interessante para saber mais sobre o assunto, do professor Leonardo Moraes AQUI
Indicação de artigos sobre o assunto:
“A Gestão da Informação e do Conhecimento na Ciência da Informação: Perspectivas Teóricas e Práticas Organizacionais”  AQUI
“GESTÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO: práticas de empresa “excelente em gestão empresarial” extensivas à unidades de informação” AQUI

 

Ranganathan não faz milagre, estudar sim!

Thalita Gama

Dicas de como estudar para o concurso da UFF

6_150

Olá! Como vocês já devem saber estou totalmente envolvida na preparação do Curso Santa Biblioteconomia Preparatório para o Concurso da UFF e Aeronáutica que vai acontecem no fim do mês (Para mais informações é só ir na aba CURSOS aqui do blog). Então resolvi  colocar algumas dicas aqui do que tenho observado nos meus estudos sobre o concurso da UFF. Depois farei uma postagem sobre o da Aeronáutica também.

Adiantando para todos uma das estratégias que vou usar no curso, um gráfico das questões. Baseada na bibliografia recomendada no edital e nas últimas 2 provas fiz esse levantamento que acredito que facilita a visualização sobre as questões mais cobradas. Dá pra ver que eles AMAM FDC (formação e desenvolvimento de coleções), fontes de informação e serviço de referência né? Se eu fosse vocês olharia com carinho essas matérias. Importante observar que pouco mudou a bibliografia desses anos para o atual edital.

11143188_904299252969947_6189253420052123384_n

DICAS

LEIA O EDITAL

Ler o edital é o primeiro e um dos mais importantes passos para sua aprovação! Entenda o processo seletivo, as matérias, o peso de cada questão, o tempo determinado da prova, horário, se existe fator de eliminação, pontos mínimos, enfim você precisa saber disso tudo antes de fazer a prova e de preferencia antes de enfiar a cara nos estudos. Estudar para concurso exige uma estratégia. Não adianta engolir livros e passar horas estudando se for de forma diferente do que mostra o edital.

ESTUDE SOBRE A UFF E SEUS SISTEMAS

É essencial em qualquer concurso você dar uma pesquisada no site da instituição e se existir no site do sistema de bibliotecas. Nesses sites conseguimos informações preciosas sobre as recentes atividades e parcerias das instituições. Muitas questões podem ser resolvidas por você ter esse conhecimento de quais bases de dados são usadas lá, sobre intercambio de dados, software utilizado e metodologias.  No edital isso nunca vem especificado,mas lendo nas entrelinhas pode ter certeza que é importante! Não deixe de entrar! O site da UFF sobre o sistema de bibliotecas é esse  AQUI .Se possível pesquise também o da Superintendência de Documentação. É um site ótimo, cheio de dicas e manuais sobre os procedimentos de catalogação (tem até de e-book), atendimento ao usuários etc. Destaco esse perguntas frequentes sobre desenvolvimento de coleções, só de ler você já tem uma noção da realidade de como é o processo, AQUI.

ESTUDE BIBLIOTECONOMIA AO MÁXIMO

São 40 questões de biblioteconomia, que valem 80 pontos! É 80% da pontuação da parte objetiva. Se você tiver que focar em algo, foque na específica e busque cumprir os mínimos de pontos das outras matérias.

LER OS ARTIGOS INDICADOS NA BIBLIOGRAFIA

Não tem desculpas para não ler os artigos,são de fácil acesso e bem menores do que os livros. Aqui vão os links:

CUNHA, M. B. A biblioteca universitária na encruzilhada. DataGramaZero, Rev. Ci. Inf., v.11, n. 6, dez. 2010

GOMES, H. F. A dimensão dialógica, estética, formativa e ética da mediação da informação. Informação & Informação, v. 19, n. 2, p. 46-59, 2014

SAYÃO, L. F. Afinal, o que é biblioteca digital? Rev. USP, São Paulo, n. 80, p. 6-17, dez./fev. 2008- 2009.  Esse particularmente é um artigo que todo bibliotecário deveria ler, é sensacional!

LEIA A LEGISLAÇÃO

Vão ser 10 questões de “Noções Básicas de Administração Pública”. Todas estão disponíveis na internet, tente ler todas e anotar o que for relacionado a prazo, exceções e situações específicas.

Links para toda a legislação cobrada:

Constituição Federal Lembrando que é são esses pedaços apenas (art.5º a 17, CF), (art. 37 a 43, CF), (art.205 a 217, CF).

Lei 8112/90

Lei 9784/99 

Lei 8666/93

Código de ética do servidor / Decreto 1171/94

ESTUDE AS REGRAS DE PORTUGUÊS

O edital coloca vários livros como bibliografia de português, mas sei que acabamos pegando pouco nessa matéria pela ilusão de que já “sabemos”.

Sempre antes dessas provas gosto de revisar algumas coisas básicas mas que muita gente erra, por exemplo:

Uso dos porquês

Uso da crase

Aposto e vocativo

Regras de acentuação gráfica

TREINE PARA A REDAÇÃO

Você leu o edital com atenção e já sabe que tem redação nesse concurso né? Já fiz prova onde no momento de abrir o caderno de questões os candidatos “descobriam” que ia ter redação! Chega a ser engraçado.

IMPORTANTE: para ter sua redação corrigida segundo o  edital você tem que estar entre os 10 primeiros ou da vaga de Niterói ou da vaga de Santo Antônio de Pádua.

Nesse concurso em específico a redação vale 100 pontos, é MUITO PONTO. Pelo que entendi vai ser uma redação de tema geral como normalmente vemos no vestibular, a banca propõe e você desenvolve. Então busque dicas sobre como fazer uma boa redação, treine o máximo possível e faça com toda a calma do mundo! Acho que para quem estuda a um tempo focado em questões objetivas fica até surpreso em ter que estudar para “escrever” algo. E é ótimo esse desconforto, vai fazer sua evolução como estudante ser muito maior.

Sites legais para você olhar com calma:

Como fazer uma redação

Como fazer uma redação perfeita – 10 dicas

Como fazer uma boa redação de concurso

Os 10 mandamentos de uma boa redação

REFAÇA QUESTÕES

Treine no ônibus, nas filas, em cada tempinho livre que você conseguir. Eu particularmente gosto de imprimir e fazer na mão, mas se você não tem essa possibilidade, faça online mesmo! O importante é testar seus conhecimentos, anotar seus resultados e prestar atenção no que está errando.

Se você ainda não se inscreveu ou quer dar uma olhada no edital é só ir AQUI. As inscrições são até o dia 18/05.

Ranganathan não faz milagre, estudar sim!

Thalita Gama

Retornar aos estudos – o desafio

Acabou o carnaval, começou o ano de verdade.

E você ainda esperando chegar o start de começar a estudar? O que falta?

Já fiquei muito tempo sem estudar e a volta é um desafio e tanto. Nesses retornos gosto de focar na resolução de questões pra “esquentar”. Em vários momentos penso”Eu sei isso, não acredito que errei,como fiquei burra”, sério chega a ser engraçado.

É claro que é muito diferente você estar estudando a um tempo e você voltar a estudar depois de um período afastado. Várias questões ficam nessa “eu já vi isso….” ou ainda “eu certamente acertaria isso sem pestanejar  alguns meses atrás”. Assim como um atleta que precisa treinar para uma competição nosso cérebro precisa de estímulos constantes para absorver a informação.É o famoso repetir para decorar. Por isso é tão importante a revisão dos conteúdos. Quando re-vemos conseguimos assimilar , fixar e nos lembrar com muito mais facilidade.

Dicar pra você que está a um tempo sem estudar e quer voltar:

  • Não se exija tanto, saiba que demora uns dias pro seu cérebro “pegar no tranco”, não há como você esperar o mesmo desempenho que tinha no auge do seu estudo e dedicação anteriores.
  • Faça pequenas metas como resolver algumas provas, ler um livro e resumir, enfim algo com início, meio e fim. A sensação de finalização da tarefa nós dá satisfação e orgulho pessoal, dando mais motivação a continuar!
  • Comece com x tempo e aumente ao longo da semana.Nada de sentar 5 horas seguidas pra estudar. Só vai gerar frustração e tédio .
  • Monte um cronograma,planejamento inicial , voltar do nada também não ajuda,é necessário ter um caminho a seguir. Se você já tiver um edital em mãos perfeito, esse é o seu caminho.

Ranganathan não faz milagre, estudar sim! 

Beijos

Thalita Gama

Periódicos e sites importantes

Fiz uma lista dos periódicos e sites da nossa área que vira e mexe caem em concurso e também é sempre bom olhar as publicações novas. Muitas questões vem de artigos.

E se você quiser sugerir um site ou Periódico para entrar na lista, coloca o nome nos comentários que eu adiciono!

  1. Revista Biblos – http://www.seer.furg.br/biblos
  2. Revista Ciência da Informação do IBICT – http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf
  3. Revista DataGramaZero – http://www.dgz.org.br/
  4. Revista Em Questão – http://seer.ufrgs.br/emquestao/
  5. Revista Encontros Bibli – https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb
  6. Revista Informação e Informação – http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/index
  7. Liink em revista – http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc
  8. Perspectivas em Ciência da Informação – http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci
  9. Revista Prisma.com – http://revistas.ua.pt/index.php/prismacom/
  10. Revista ABC – http://revista.acbsc.org.br/racb
  11. Revista Brasileira de Biblioteconomia e documentação – http://rbbd.febab.org.br/rbbd
  12. Revista de Biblioteconomia de Brasília  (Não está mais ativa, a titulo de conhecimento da história)- http://www.brapci.ufpr.br/journal.php?dd0=8
  13. Revista Digital Biblioteconomia e Ciência da Informação – http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci
  14. Revista Inclusão Social – http://revista.ibict.br/inclusao/index.php/inclusao
  15. Revista MUSEU – http://www.revistamuseu.com.br/default.asp
  16. Transinformação – http://periodicos.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/transinfo
  17. Portal GED – http://www.ged.net.br/

 

Ranganathan não faz milagre, estudar sim! 

Beijos

Thalita Gama

SNBU – Trabalhos que podem ajudar nos estudos para concursos

Apresentei recentemente um trabalho no Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias – SNBU  intitulado ” Mudanças e desafios na biblioteca do Sebrae RJ: Um estudo de caso”

Sem título

O meu trabalho vocês podem ver AQUI.

Separei alguns outros trabalhos que acho que podem ajudar nos estudos para concursos, aqui vai :

 

1 – Diagnóstico de preservação da Biblioteca de Obras Raras da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EBAOR/UFRJ): um estudo baseado nos 5 agentes de deterioração – AQUI

2- Avaliação da consistência da indexação no Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal do ABC – AQUI 

3- Os impactos da mudança da Lei de Direitos Autorais brasileira no serviço de referência – AQUI

4- Fungos no armazenamento e acondicionamento de coleções especiais e raras: um problema de gestão para as bibliotecas universitárias  – AQUI 

5-  Recurso, descrição e acesso – RDA: breve descrição – AQUI

6- Gestão de sistemas de informação em bibliotecas – AQUI

7- A lei de Acesso à Informação (LAI) e o profissional bibliotecário – AQUI

8- Modelagem no processamento técnico: o caso da biblioteca do CFCH/UFRJ – AQUI

9- Ranganathan e a Lei de Acesso à Informação: quando a Biblioteconomia e o Direito se encontram  – AQUI

10 – O Balancead Scorecard e sua aplicação em bibliotecas universitárias públicas: o caso da Biblioteca Universitária da Ufla – AQUI

11- O planejamento em bibliotecas universitárias: revisando conceitos para mudar concepções e práticas  – AQUI

12- Controle de qualidade em catalogação cooperativa – AQUI 

13- A inserção do livro eletrônico na biblioteca universitária: um relato de experiência – AQUI 

14- Roteiro de implementação de repositórios institucionais em instituições de ensino superior  – AQUI 

 

Ranganathan não faz milagre, estudar sim! 

Beijos

Thalita Gama

Dicas de estudo – Preservação de Acervos

Preservação é uma das matérias que acho mais bacanas de estudar. Ajuda muito eu ter tido um professor bom dessa matéria, durante a faculdade , quase todo o meu material é dessa época.

É um tema que cai em concursos, principalmente quando a instituição é voltada a preservação histórica de algo.  E com a nova onda da preservação digital é um assunto bem interessante .

Deixo aqui algumas dicas de referências para estudar:

  • Manual de Conservação da BN. – Está disponível no Site , ou AQUI. Muito bem explicado e já vi cair diversas vezes. Bem detalhista.
  • Livro – Política de preservação de Acervos Institucionais do MAST – Está disponível no site , ou AQUI.
  • Artigo – ” A preservação dos acervos culturais e sua importância na atualidade: a ótica dos bibliotecários universitários” , AQUI.
  • Artigo – ” Preservação da informação em instituições da administração pública brasileira”, AQUI.
  • Artigo – “Digitalização e preservação digital: a experiência do Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo (SIBiUSP)”, AQUI
  • Artigo – ” Os Desafios da Preservação de Documentos Públicos Digitais” , AQUI 
  • Artigo – “Preservação de documentos digitais” , AQUI 
  • Monografia – “As características arquitetônicas dos edifícios de arquivo: o espaço como fator determinante na preservação de acervos”, AQUI
  • Livro – “Planejamento de preservação e gerenciamento de programas ” , AQUI  , esse texto do Atkinson cai MUITO.  Como exemplo, na casa de Rui ano passado caiu e nessa questão aqui na UNIRIO 2008, vejam só, típica questão que se você não deu uma lida no texto/ livro fica ruim de acertar. O Gabarito é : C

unirio 2008

 

 

 

 

 

Thalita Gama  😉