Análise de prova – UNESP 2015

Olá! Vamos Analisar a prova da UNESP aplicada no último dia 22 de fevereiro. A prova pode ser visualizada AQUI e o gabarito AQUI. 

 31. A Biblioteconomia, a Documentação e a Ciência da Informação são formadas por um conjunto de conhecimentos que

(A) inserem o conceito de informação dentro de estrutura rígida e compartilhada.
(B) consideram o conceito de informação de forma interdisciplinar.
(C) valorizam a teoria da informação e enfatizam a prática.
(D) enfatizam o paradigma da informação nas ciências cognitivas.
(E) desconsideram o conceito de informação sistêmica.

Análise: Essa questão trata sobre a base da nossa área,a informação, e é bem tranquilo assimilar que ela é abordada por conhecimentos interdisciplinares né? Gabarito: B

32. Devem ser consideradas exclusivamente fontes secundárias de informação:

(A) bases de dados, filmes, vídeos, legislação e normas técnicas.
(B) bibliografias, biografias, relatórios técnicos, dicionários e internet.
(C) bibliografias, manuais, normas técnicas, teses e patentes.
(D) bases de dados, bibliografias, dicionários, enciclopédias e bancos de dados.
(E) biografias, dicionários, fontes históricas, normas técnicas e patentes.

Análise: Slide bacana sobre fontes de Informação AQUI.

fontes

Gabarito: D

33. Constituem exemplos de documentos textuais, iconográficos, audiovisuais e de natureza material, respectivamente:

(A) documentos em braile, filmes, imagens e monumentos.

(B) livros, monumentos, videodiscos e jogos pedagógicos.

(C) documentos administrativos, mapas, filmes e maquetes.

(D) livros, documentos em braile, imagens e monumentos.

(E) livros, filmes, periódicos e mapas

Análise: Questão pra se fazer por eliminação,  documentos textuais todas as primeiras opções podem ser pra mim, já documento iconográfico são documentos bidimensionais, tais como original e reprodução da obra de arte, fotografia, desenho técnico, transparência , mapas etc.  Já matamos e ficamos com a letra C, gabarito! 

34. O desenvolvimento de coleções, na biblioteca universitária, pode resultar em uma coleção com:

(A) pouco crescimento, pois visa atender a especificidade temática e informacional da pesquisa científica.

(B) pouco crescimento, pois visa a atender com prioridade a comunidade formada pelos alunos de graduação.

(C) tendência ao crescimento, pois a pesquisa científica, os alunos de graduação e pós-graduação exigem diferentes fontes de informação.

(D) tendência a estacionar, pois o atendimento à comunidade de alunos e à extensão exige recursos informacionais com frequência.

(E) tendência a pequeno crescimento, pois depende das demandas informacionais geradas pelos usuários.

Análise: Acho que a opção B causa uma certa dúvida,mas analisando de forma ampla a missão da biblioteca universitária que é atender TODA a comunidade envolvida,temos que marca a letra C, gabarito.

35. Sobre a cadeia de operações documentárias na biblioteca, pode-se afirmar que

(A) consiste em atividades ligadas entre si, mas independentes das operações que as precedem no processo lógico.

(B) no primeiro elo da cadeia, encontram-se os produtos documentários, como referências e descrição dos documentos.

(C) a primeira etapa da cadeia é a descrição de conteúdo, seguida da tradução para a linguagem do sistema.

(D) após a coleta de material informacional, procedem-se as operações de registro e controle e o tratamento intelectual.

(E) no armazenamento de documentos, primeiro elo da cadeia, utilizam-se métodos como organização por formato, tipo e classificação.

Análise: O que achei engraçado nessa questão foi o temos que eles usaram “operações documentárias”  tão pomposo! As letras A e B estão erradas porque misturam conceitos, e na A está errada a parte que fala que é um processo independente , é um ciclo que segue uma linha de raciocínio.  A C está falando do processo de indexação, não é o que foi perguntado na questão. Na E fala que o armazenamento é a primeira etapa, mais errado impossível. Gabarito : D

 

36. As linguagens documentárias normalizadas, como tesauros ou vocabulários controlados, podem apresentar

(A) termo genérico ao qual outro termo ou diversos termos estão subordinados na hierarquia, sendo abreviado como TR.

(B) termo específico ao qual outro termo ou diversos termos estão subordinados na hierarquia, sendo abreviado como TG.

(C) termo composto constituído de um grupo de termos semanticamente associados que não fazem parte de uma hierarquia de relação partitiva.

(D) termo preferido, precedido por USADO PARA, relacionado a uma referência cruzada que leva ao termo adotado na linguagem.

(E) termo composto constituído por mais de uma palavra e formado por regras específicas para representar um conceito

Análise:  Letra A a sigla está errada é TG. Letra B também é TE. Letra D quando um tesauro indica o uso de outra palavra , acho que o erro na C é apontar como uma relação partitiva,não tenho certeza…..na D o termo que antecede é o USE. Gabarito E.

37. A seleção de termos para inclusão em uma linguagem documentária deve considerar :

(A) a área de domínio, a especificidade dos termos, a garantia literária, a linguagem do usuário e a organização.

(B) a garantia literária, a linguagem do usuário, a organização e a preferência pelos homógrafos e sinônimos.

(C) a especificidade ou granularidade dos termos e o uso preferencial de qualificadores com parêntesis que facilitam a busca para o usuário.

(D) a área dos documentos a serem tratados, extraindo os termos diretamente dos textos para inclusão automática.

(E) a área de domínio e o uso preferencial de homó- grafos sem qualificadores para facilitar a estratégia de busca

Análise: O Gabarito, letra A, explica fielmente os critérios que devem ser levados em conta para a inclusão em uma linguagem documentária.

38. Observe o quadro a seguir.

questão 38

O termo Resíduos Dentários, no Vocabulário Controlado DeCS da BIREME, corresponde a um

(A) termo preferencial para indexação, quando coordenado como descritor primário.

(B) termo não preferido para indexação; deve-se utilizar o descritor Lixo Odontológico.

(C) termo não preferido para indexação; deve-se utilizar Resíduos Odontológicos.

(D) termo equivalente a Disposição de Resíduos de Serviços de Saúde.

(E) termo preferencial, quando coordenado com Disposição de Resíduos de Serviços de Saúde

Análise: Essa questão parece ser confusa mas não é, busca conferir se você sabe analisar a resposta de um sistema de linguagem documentária Repare bem nos sinônimos em português, lá está resíduos dentários, no sistema você procurando por ele vai ser direcionado a usar Resíduos Odontológicos, já que é o descritor oficial nesse caso. Gabarito: C

39. O acesso às Teses e Dissertações e aos Trabalhos de Conclusão de Curso nas bibliotecas da UNESP está disponibilizado respectivamente pelas bibliotecas digitais

(A) C@pela e C@tedra.

(B) C@tedra e C@pelo.

(C) BDTD e C@tedra.

(D) C@pela e BDTD.

(E) NDLTD e C@pela.

Análise: Questão focada na prova em si, é importante que você dê uma lida sobre a instituição que você está tentando uma vaga normalmente perguntam algo sobre. Entrando no site da Cordenadoria Geral de Bibliotecas e clicando em bibliotecas digitais olha aí a resposta, gabarito: B

questão 39

40. A Biblioteca Virtual em Saúde na área de Odontologia oferece acesso equitativo à informação para profissionais da área odontológica vinculados às atividades acadêmicas e para aqueles com interesse em educação continuada. Constituem fontes de informação desse sistema:

(A) LILACS, BBO, Rev@Odonto e Catálogo das Bibliotecas-SIEO.

(B) LILACS, HOMEOINDEX, LIS e Rev@Odonto.

(C) BBO, IBECS, Rev@Odonto e HISA.

(D) LILACS, BBO, HISA e Acervo Casa de Oswaldo Cruz.

(E) BBO, IBECS, LIS e Acervo Casa de Oswaldo Cruz

Análise: Essa eu já achei um pouco mais complicada pelo fato de não ser algo fácil de decorar, existem mil BVS, o ideal era saber que provavelmente essa vaga do concurso é para uma biblioteca de saúde , falo isso pelas questões propostas. Mas enfim na BVS odontologia tem lá todas as fontes veja só:

questão 40

Gabarito: A

41. MEDLINE é uma base de dados bibliográfica que contém referências e resumos de artigos de periódicos internacionais na área de Ciências da Saúde, incluindo Medicina, Enfermagem, Odontologia, entre outras, e pode ser pesquisada:

(A) no PubMed e na Web of Science.

(B) na BVS, na SciELO e no PubMed.

(C) na BVS, no PubMed e na EMBASE.

(D) na MEDLINE OVID e na Web of Science.

(E) no PubMed e na Dentistry & Oral Sciences Source.

Análise: Pergunta sacana porque se você for pesquisar não tem um locar/site falando sobre o MEDLINE de forma específica, está sempre indicando onde consultar,nunca todos os locais de consulta.O Gabarito é C mas acredito que só que já trabalha na área e tem a experiência do dia-dia marcou com certeza.

42. A linguagem de marcação recomendada pelo W3C – World Wide Web Consortium, cujo formato é baseado em texto simples, para representar e compartilhar informações estruturadas na Web entre programas, pessoas, computadores em nível local e em redes, é o:

(A) SGML.

(B) MARCXML.

(C) MODS.

(D) XML.

(E) HTML

Análise: Texto bacaninha pra saber mais sobre XML AQUI  . Gabarito:D

43. O planejamento estratégico em bibliotecas acadêmicas deve considerar a natureza da instituição universitária, que:

(A) possui elevado profissionalismo nas tarefas com operações realizadas por especialistas; que demanda profissionais com autonomia no trabalho.

(B) é uma organização voltada para a transmissão e a produção de conhecimento, com padrão semelhante a empresas privadas na estruturação de suas atividades.

(C) tem decisões centralizadas, podendo as partes da organização, inclusive a biblioteca, progredir de forma independente com ritmos próprios.

(D) possui professores que escolhem o que pesquisar e como ensinar, influenciando de forma moderada nas decisões coletivas e interinstitucionais.

(E) possui unidades com concepções idênticas e os mesmos fatores culturais, históricos e ambientais, facilitando a definição da missão, dos objetivos e das metas da biblioteca.

Análise:  Acredito que a B não esteja errada, mas colocaram como gabarito A, imagino que seja pela expressão que eles usaram “acadêmicas” e não universitária.O foco muda.

44. A Classificação Decimal Universal foi estruturada a partir da Classificação de Dewey, que utilizou a classificação de Bacon e dividiu o conhecimento em três grandes categorias:

(A) a Lógica, com as classes Filosofia, Religião, Ciências Sociais, Linguística, Ciências Puras e Ciências Aplicadas; a Criatividade, com as classes Artes e Literatura; e a Memória, com as classes Geografia, Biografia e História.

 (B) a Razão, com as classes Filosofia, Religião, Ciências Sociais, Linguística, Ciências Puras e Ciências Aplicadas; a Imaginação, com as classes Artes e Literatura; e a Memória, com as classes Geografia, Biografia e História.

(C) a Lógica, com as classes Filosofia, Ciências Sociais, Linguística, Ciências Puras e Ciências Aplicadas; a Imaginação, com as classes Artes, Religião e Literatura; e a Memória, com as classes Geografia, Biografia e História.

(D) a Razão, com as classes Filosofia, Ciências Sociais, Ciências Puras e Ciências Aplicadas; a Fantasia, com as classes Artes, Religião, Linguística e Literatura; e a Memória, com as classes Geografia, Biografia e História.

(E) a Ideação, com as classes Filosofia, Religião, Ciências Sociais, Linguística, Ciências Puras e Ciências Aplicadas; a Criatividade, com as classes Artes e Literatura; e as Recordações, com as classes Geografia, Biografia e História.

Análise: Pra começar era preciso saber as categorias de Bacon :Razão, Imaginação e memória. Depois mais pelo bom senso do que por decorar dava pra arrumar as categorias e chegar no gabarito. Essa informação está no livro do Sebastião de Souza de CDU, ele tem um capítulo falando dessa história da construção da CDU que é bem importante.Gabarito: B

45. Sobre a CDU, é correto afirmar que:

(A) o sistema utilizou as mesmas classes da CDD, com a mesma quantidade de algarismos.

(B) a princípio, continha classes iguais à CDD, o que vem se mantendo do mesmo modo até a atualidade.

(C) as subdivisões de classes principais são semelhantes à CDD, com exceção da área de Linguística e Literatura.

(D) a notação apresenta mínima flexibilidade e é mista, consistindo de números, letras, sinais e outros caracteres.

(E) com números extensos, para facilitar a leitura dos números decimais, o sistema emprega ponto de dois em dois algarismos.

Análise: Fiz por eliminação e deu certo vamos lá . Letra a – não é a mesma quantidade de algarismo , CDD 3 , CDU 1 Letra B-  nunca teve classes exatamente iguais. Letra D – mínima flexibilidade? A principal característica da CDU é a flexibilidade! Letra E – esses pontos aí completamente errados, são de 3 em 3!

Gabarito: C

46. Os sinais auxiliares comuns da CDU /, : e :: indicam, respectivamente,

(A) extensão consecutiva, relação simples e ordenação.

(B) especificação alfabética, relação simples e subagrupamento.

(C) subagrupamento, ordenação e especificação alfabética.

(D) notações exteriores, ordenação e subagrupamento.

(E) extensão consecutiva, coordenação e ordenação.

Análise: Pra você não esquecer mais quais são os sinais 😉

sinais cdu

47. Sobre o AACR2, pode-se afirmar que

(A) está organizado em: Descrição (Parte I), Pontos de Acesso, Títulos Uniformes, Remissivas (Parte II) e Sumário de Revisões (Parte III).

(B) a primeira tradução brasileira desse código de catalogação foi publicada em 3 volumes entre 1983 e 1985.

(C) teve sua origem na “Conferência Internacional sobre Princípios de Catalogação” realizada em Paris em 1961, sendo publicado em 1967.

(D) está organizado em: Descrição (Parte I), Pontos de Acesso, Títulos Uniformes e Remissivas (Parte II).

(E) a primeira tradução brasileira desse código de catalogação foi publicada em 2 volumes em 1978.

Análise: Não tem muito o que explicar, o AACR2 está dividido como mostra a letra D.

48. Quanto às regras do AACR2, para os cabeçalhos relacionados à autoria,

(A) a escolha do cabeçalho para uma pessoa deve ser seu nome verdadeiro, mesmo que seja conhecida por pseudônimo ou que tenha um título de nobreza ou honorífico.

(B) no cabeçalho para uma pessoa cujo nome possui numeral romano associado a um prenome, como alguns papas e membros da realeza, o numeral deve ser tratado como parte do nome.

(C) se as formas do nome de uma pessoa variam em extensão, a escolha para o cabeçalho deve ser a forma mais completa, com remissivas para a forma mais frequente e as outras formas.

(D) mesmo que os elementos do sobrenome de uma pessoa apareçam regular ou ocasionalmente ligados por hífen, a entrada deve ser pelo último sobrenome.

(E) para mulheres casadas com sobrenomes formados pela combinação do sobrenome de solteira e do marido, a entrada deve ser pelo primeiro elemento do sobrenome composto em qualquer idioma.

Análise:  Essas regras de ponto de acesso  de nomes pessoais estão no capítulo 22 do AACR2, não tenho como colocar todas aqui,mas recomendo a quem puder ler as  páginas 154 até 157 do catalogação no plural da Mey, lá ela resume essas regras. Gabarito: B

49. Assinale a alternativa que contém somente entradas de autoria de entidades coletivas corretas, segundo o AACR2, para os catálogos de bibliotecas brasileiras.

(A) UNESCO, Organización Panamericana de la Salud, Ministério do Meio Ambiente.

(B) United Nations Educational, Scientific, and Cultural Organization, PAHO, Brasil. Ministério do Meio Ambiente.

(C) UNESCO, Pan American Health Organization, Ministério do Meio Ambiente.

(D) United Nations Educational, Scientific, and Cultural Organization, Pan American Health Organization, Brasil. Ministério do Meio Ambiente.

(E) UNESCO, Organização Pan-americana da Saúde, Brasil. Ministério do Meio Ambiente

 Análise: Tem umas regras sobre entrada de organizações. Por exemplo UNESCO entra pela sigla pois é a forma mais reconhecida. Brasil. Ministério do Meio Ambiente ( não tem como não colocar Brasil antes já que precisamos saber de que país se trata.) Gabarito:E

50. A indicação do título do periódico a seguir, na representação descritiva, pode ser realizada como:

questão 50

(A) Brazilian Dental Science = Ciência Odontológica Brasileira.

(B) Brazilian Dental Science : Ciência Odontológica Brasileira.

(C) Brazilian Dental Science = Pós-Graduação em Revista Faculdade de Odontologia de São José dos Campos.

(D) BDS : Brazilian Dental Science.

(E) BDS = Brazilian Dental Science

Análise: Para responder de forma correta era preciso saber que título em língua estrangeira deve ser colocado após o título na língua usual com um sinal de =.  Gabarito: A

51. De acordo com os FRBR – Functional requirements for bibliographic records, pode-se afirmar que

(A) obra ou item é o suporte, ou meio, que contém conteúdos de registros do conhecimento ou parte de um conteúdo.

(B) obra é um conjunto completo de criação intelectual ou artística, ou registro do conhecimento sobre qualquer suporte ou meio.

(C) item é um conjunto completo de criação intelectual ou artística, ou registro do conhecimento sobre qualquer suporte ou meio.

(D) obra é uma entidade concreta que pode se reproduzir em diversos suportes, e item é uma entidade abstrata e virtual.

(E) item é o conteúdo intelectual ou artístico distinto, independente de suporte, meio ou registro de conhecimento

 Análise: Maravilhosa a explicação do Fabrício Assumpção no blog dele AQUI.  Pra não errar mais! Gabarito:B

52. A tipologia do resumo indicado a seguir, de acordo com a norma da ABNT NBR 6028, é

questão 52

(A) rescensão.

(B) resumo crítico.

(C) resumo indicativo.

(D) resenha.

(E) resumo informativo.

Análise: Resumão –

resumo informativo tem por finalidade, como o próprio nome já indica, deixar o leitor informado acerca dos principais pontos destacados no texto, proporcionando a ele a possibilidade de ter uma ideia geral do que se trata. Cabe afirmar então que a consulta ao texto original não é tão necessária assim.
Essa modalidade de resumo é indicada para artigos científicos e artigos acadêmicos de forma geral.

O resumo indicativo, literalmente afirmando, indica somente os pontos relevantes, principais do texto-base, descartando a possibilidade de apresentar dados de natureza qualitativa e quantitativa.  Por essa razão, faz-se necessária a consulta ao texto original.

o resumo crítico que, sem sombra de dúvidas, trata-se de uma análise com base no ponto de vista do emissor acerca das ideias contidas no texto original. Em virtude desse aspecto, juízos de valor são amplamente permitidos – o que lhe concede o nome, também, de resenha crítica. Quando ocorre de uma única edição entre várias chama-se  recensão.

Gabarito:E

53. Assinale a alternativa em que o documento indicado a seguir está corretamente referenciado segundo a norma ABNT NBR 6023.

questão 53

(A) Rio de Janeiro (Estado). Secretaria do Ambiente. Plano estadual de resíduos sólidos do Rio de Janeiro: relatório síntese. Rio de Janeiro, 2013. 138 p. Disponível em: < …>. Acesso em 12 dez. 2014

(B) Rio de Janeiro. Secretaria do Ambiente. Plano estadual de resíduos sólidos do Rio de Janeiro: relatório síntese. Rio de Janeiro: SEA, 2013. 138 p. Disponível em: <….>Acesso em 12 dez. 2014.

(C) Rio de Janeiro (Estado). Secretaria do Ambiente. Plano estadual de resíduos sólidos do Rio de Janeiro: relatório síntese. Rio de Janeiro, SEA, 2013. 138 p. Disponível em: http://www.rj.gov.br/web/sea/exibeconteudo? article-id=1941406. Acessado em 12 dez. 2014.

(D) Rio de Janeiro. Secretaria de Estado do Ambiente. Plano estadual de resíduos sólidos do Rio de Janeiro: relatório síntese. Rio de Janeiro: SEA, 2013. 138 p. Disponível em: http://download.rj.gov.br/documentos/10112/1941396/ DLFE-66812.pdf/PLANOESTADUALDERESIDUOSSOLIDOSDORIODEJANEIRO.pdf. Acesso em 12 dez. 2014.

(E) Rio de Janeiro. Secretaria de Estado do Ambiente. Plano estadual de resíduos sólidos do Rio de Janeiro: relatório síntese. Rio de Janeiro, 2013. 138 p. Disponível em: http://download.rj.gov.br/documentos/10112/1941396/ DLFE-66812.pdf/PLANOESTADUALDERESIDUOSSOLIDOSDORIODEJANEIRO.pdf. Acesso em 12 dez. 2014.

Análise: Coisas básicas pra acertar : só o título em negrito ,  Acesso em:<entre os > e Acesso em: data Mês abreviado. ano. (As opções que tinha <> eu não consegui copiar,mas dá pra entender). Gabarito :A

54. Assinale a alternativa que apresenta a referência bibliográfica de acordo com a norma ABNT NBR 6023 do artigo de periódico indicado a seguir.

questão 54

(A) CRUZ, A. D. et al. Educação à distância em radiologia odontológica: impacto imediato da implantação. Brazilian Dental Science, São José dos Campos, volume 17, número 4, out-dez. 2014, página 90-97. ISSN 2178-60118. Disponível em: http://ojs.fosjc. unesp.br/index.php/cob/article/view/930/903. Acesso em: 5 jan. 2015.

(B) CRUZ, A. D.; COSTA, J. J.; ALMEIDA, S. M. Educação à distância em radiologia odontológica: impacto imediato da implantação. Brazilian Dental Science, São José dos Campos, ICT/UNESP, vol. 17, no. 4, dez. 2014, p. 90-7. ISSN 2178-60118. Disponível em: <….>. Acesso em: 5 jan. 2015.

(C) CRUZ, A. D. et al. Educação à distância em radiologia odontológica: impacto imediato da implantação. Brazilian Dental Science, São José dos Campos,vol. 17, número 4, dez. 2014, p. 90-7. ISSN 2178- 60118. Disponível em: http://ojs.fosjc.unesp.br/ index.php/cob/article/view/930/903. Acesso em: 5 jan. 2015.

(D) CRUZ, A. D.; COSTA, J. J.; ALMEIDA, S. M. Educação à distância em radiologia odontológica: impacto imediato da implantação. Brazilian Dental Science, São José dos Campos, vol. 17, n. 4, dez. 2014, p. 90-97. ISSN 2178-60118. Disponível em: <….>. Acesso em: 5 jan. 2015.

(E) CRUZ, A. D.; COSTA, J. J.; ALMEIDA, S. M. Educação à distância em radiologia odontológica: impacto imediato da implantação. Brazilian Dental Science, São José dos Campos, ICT/UNESP, vol. 17, no. 4, dez. 2014, p. 90-97. ISSN 2178-60118. Disponibilizado por:<…> . Acessado em: 5 jan. 2015.

Análise: Quando é referência de um artigo de periódico o que fica em destaque é o nome da revista!  número é sempre n. e no fim Acesso em:<entre os > e Acesso em: data Mês abreviado. ano. Gabarito: D

55. O Serviço de Referência Virtual nas bibliotecas universitárias é uma modalidade de atendimento que consiste:

(A) no uso de tecnologias de informação e comunicação no atendimento pessoal para acesso às bases de dados on-line.

(B) na utilização de mídias sociais para divulgação, informação e comunicação de notícias da biblioteca para os usuários.

(C) no oferecimento de um canal de contato via Internet para os usuários, por chat em tempo real ou por e-mails e formulários eletrônicos.

(D) nos serviços de e-commerce para acesso à informa- ção e aos materiais bibliográficos on-line assinados pelas bibliotecas.

(E) nos serviços oferecidos pelos sistemas automatizados que integram redes de bibliotecas para empréstimo e intercâmbio.

Análise:  O gabarito letra C é exatamente o que é o serviço de referência virtual (:

56. O estudo do usuário para a compreensão da natureza de suas necessidades informacionais e padrões de busca de informação

(A) consiste na etapa final do processo de gestão de projetos e serviços de uma biblioteca universitária ou especializada.

(B) auxilia a gerência da biblioteca a avaliar o sistema existente para iniciar, elevar ou diminuir ênfase, aperfeiçoar ou promover um serviço.

(C) apresenta elevado custo para os procedimentos de estudo e análise com resultados ineficientes para a gestão da biblioteca.

(D) indica requisitos de equipamentos, programas, formatos e fontes de informação sem relevância para a definição de serviços na biblioteca.

(E) define fontes de informação, padrões de comunica- ção e interfaces de pesquisa de utilidade irrelevante para o serviço de informática.

Análise: Estudos de usuário são para auxiliar a administração da biblioteca a entender melhor o foco a ser dado tanto na coleção, quantos nos serviços e produtos. Gabarito:B

57. EEB e COMUT podem ser definidos, respectivamente, como:

(A) programa que permite, por intermédio de uma biblioteca, acesso às cópias de documentos de bibliotecas cooperantes do país e do exterior; e serviço que possibilita ao usuário de biblioteca acesso ao material bibliográfico de bibliotecas de uma rede.

(B) serviço que possibilita ao usuário de biblioteca acesso ao material bibliográfico de bibliotecas de uma rede; e sistema de informação científica que possibilita pesquisa a bases de dados em texto completo.

(C) portal brasileiro de informação científica que disponibiliza artigos e outros materiais em texto completo; e programa que permite, por intermédio de uma biblioteca, acesso às cópias de documentos de bibliotecas cooperantes do país e do exterior.

(D) serviço que possibilita ao usuário de biblioteca acesso ao material bibliográfico de bibliotecas de uma rede; e programa que permite, por intermédio de uma biblioteca, acesso às cópias de documentos de bibliotecas cooperantes do país e do exterior.

(E) portal brasileiro de informação científica que disponibiliza artigos e outros materiais em texto completo; e biblioteca eletrônica internacional que abrange uma coleção selecionada de periódicos e livros do Brasil e do exterior em texto completo.

Análise:  Só eu não sabia que EEB é a sigla de Empréstimo entre Bibliotecas? Vivendo e aprendendo! Gabarito 😀

58. O Centro Pan-Americano de Engenharia Sanitária e Ciências do Ambiente coordena uma base de dados bibliográficos especializada na área, denominada :

(A) CidSaúde.

(B) HISA.

(C) DESASTRES.

(D) CABI Forestry Compendium.

(E) REPIDISCA.

Análise: Mais uma questão da área da saúde! Para saber mais sobre bases na área veja AQUI

  • REPIDISCA é uma base de dados que contém referências bibliográficas da literatura de Engenharia Sanitária e Ciências do Ambiente, coordenada pelo CEPIS. A partir de 1994 incorporou os registros da base de dados ECO, sobre Ecologia Humana e Saúde. O CEPIS – Centro Pan-americano de Engenharia Sanitária e Ciências do Ambiente localizado em Lima, Peru, é um centro internacional da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS) criado em 1971 com o objetivo de aplicar modernas tecnologias para a soluções de problemas sanitários básicos e aqueles derivados da crescente urbanização e industrialização.

Gabarito:E

59. A Biblioteca 2.0 pode utilizar ferramentas de mídias sociais, como estratégias de marketing e disseminação da informação, tendo como principais características

(A) a comunicação efetiva e o custo elevado do desenvolvimento do serviço.

(B) a possibilidade de participação do usuário e a comunicação interativa.

(C) o acesso facultativo à informação e a via de mão única para comunicação.

(D) a dificuldade de uso desses recursos e o acesso fragmentado à informação.

(E) a complexidade do planejamento do serviço e o direcionamento voltado ao próprio sistema.

Análise: A maioria das opções fala como se fosse algo complicado, ou caro, o que não é a realidade! Gabarito: B

60. De acordo com o Código de Ética Profissional do Bibliotecário, cumpre a este:

(A) cooperar intelectual e materialmente para o progresso da profissão, mediante o intercâmbio de informações com associações de classe, escolas e órgãos de divulgação técnica e científica.

(B) divulgar especificidades do desempenho de suas atividades, quando o assunto assim exigir, e considerar que o comportamento profissional não influenciará nos juízos que se fizerem sobre a classe.

(C) realizar de maneira efetiva a publicidade de sua instituição ou atividade profissional, considerando que nem toda manifestação pode comprometer o conceito de sua profissão ou afetar um colega.

(D) conhecer a legislação que rege o exercício profissional da Biblioteconomia, executando-a corretamente e colaborando para o seu aperfeiçoamento, sem considerar as alterações legais que ocorrerem.

(E) combater o exercício legal da profissão e citar seu número de registro no respectivo Conselho Regional após sua assinatura em documentos referentes ao exercício profissional

Análise: Questão de código de ética é sempre importante prestar atenção  se é em relação ao usuário, aos colegas de profissão etc sempre tem umas pegadinhas assim. Gabarito: A

O que eu achei?  Algumas questões bem tranquilas, outras muito específicas da área da saúde. Como era uma prova de universidade acredito que fica complicado o candidato focar muito os estudos em uma única área, quem teve o bizu de saber que tinha vagas nas bibliotecas de saúde certamente se deu bem. No geral uma boa prova, eu acertei 21/30 questões de biblioteconomia, e você refez? Me conta aí!

Ranganathan não faz milagre, estudar sim! 

Beijos

Thalita Gama

Anúncios

One thought on “Análise de prova – UNESP 2015

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s