Apostilas Santa Biblioteconomia: Promoção de natal

O espírito natalino chegou no Santa biblioteconomia!

Mande um e-mail para receber as orientações de compra e a lista de apostilas disponíveis! Santabiblioteconomia@gmail.com 

Promoção válida para compras até 25 de dezembro.

Anúncios

Atualizando minhas andanças pela Biblioteconomia

Fim do ano sempre rola aquela retrospectiva básica, em 2017 fui em alguns cantos falar sobre o Santa Biblioteconomia e quero deixar registrado aqui essa trejatória:

  • Escrevi um capítulo de livro!

Acesse e baixe gratuitamente o livro, direto do drive do Santa Biblioteconomia: https://goo.gl/dK2xRw

  • Fui palestrante no FIEB!

Para quem não sabe o Fórum de Inovação e Empreendedorismo na Biblioteconomia (FIEB) é um evento idealizado por/para bibliotecários empreendedores de diferentes regiões do país e que busca identificar experiências e práticas de profissionais possam ser compartilhadas. Falei da trajetória do Santa Biblioteconomia.

  • Fui palestrante no SIEB UNIRIO

Participei da IX semana de integração dos estudantes de biblioteconomia da Unirio. Foi bem bacana compartilhar um pouco da trajetória do Santa Biblioteconomia.

  • Rolou também uma aula pro pessoal de Biblioteconomia da UNIRIO

Tive a oportunidade de dar uma aula fontes de informação e documentação jurídica pro pessoal da Unirio a convite da professora Andreia Gonçalves. Avante jovens bibliotecários. 

  • Teve entrevista para o CRB6. 

Comigo e o querido Gustavo Henn. Link para a matéria AQUI.

  • E entrevista pro Caçadores de Biblioteca. 

Amooo o trabalho da Soraia e fiquei muito feliz em ser entrevistada! Você pode ler nesse link AQUI

Além disso tudo aí, rolou também curso online, curso presencial, material novo, 2017 bombou. E por aqui planejando muita coisa legal pra 2018, vai ter muito vídeo no youtube por exemplo 😉

Muito obrigada a você que acompanha o blog, as redes sociais e acredita no meu trabalho. (: 

Dicas rápidas para uma prova de auxiliar de biblioteca

Vai fazer uma prova de auxiliar de biblioteca?

Atenção com:

  • Questões que querem confundir a atuação do bibliotecário e do auxiliar de biblioteca

  • Troca dos conceitos entre os setores da biblioteca, por exemplo colocar como se a indexação fosse feita no setor de referência.

  • Tipos de fontes de informação e sua utilização.

  • Existem formas diferentes de catalogação, mas a mais utilizada é a Classificação Decimal de Dewey – CDD, para os íntimos – comum na maioria das bibliotecas em 135 países. Ela divide o conhecimento humano em dez grandes classes e atribui um número para cada uma. Depois, define números para as subclasses, sub-subclasses e assim por diante.  Por exemplo, se precisamos de um livro sobre religião, teremos de buscá-lo na classe 200, que é a das obras sobre religião. Se queremos uma Bíblia, encontraremos todas que houver no acervo, catalogadas na subclasse 220. Religiões não-cristãs e comparativas aparecem no 290, depois da Bíblia.

  • Ordenação na estante e formas de alfabetação. O Número de chamada é a junção do número de classificação que pode ser escolhido pela Classificação Decimal de Dewey ou Classificação Decimal Universal (Existem outras mas as principais são essas) e a numeração vinda da Tabela de Cutter, também chamada de notação de autor.    

Decifrando o código dos livros

1. assunto

A centena 800 significa literatura  e a dezena 69 se enquadra em literatura portuguesa. 

2. autor e obra

“A” é a primeira letra do sobrenome do autor e 481 é o número que o identifica na tabela de Cutter. O “c” é a primeira letra do título da obra.

A posição das obras na estante é de acordo com a numeração que se encontra em ordem crescente da esquerda para a direita.

Se você é bibliotecário e vai fazer uma prova de auxiliar de biblioteca, cuidado com as questões que parecem muito óbvias e fáceis. Errar essas pode ser seu fim. Atenção!!!

Boa sorte (: 

Sabe quem é o seu maior inimigo? Você.

Tem um ditado –  não tenho certeza se é budista ou algo assim – que fala que nem o nosso maior inimigo pode nos fazer tanto mal quanto nós mesmos. E se você colocar a mão na consciência vai perceber que sim, é exatamente isso. Somos auto-sabotadores da nossa própria existência e sofremos por que não sabemos lidar com nosso próprio eu. #Thalitafilosófica 

Quando estamos num contexto de concurso público, em uma prova, o psicológico é uns 80% do sucesso. Não existe criatura inteligente o suficiente, que consiga segurar a onda da ansiedade, do medo, da depressão. E infelizmente, na visão de muita gente, isso é frescura. Não, não é.

Abrir mão de tudo o que te faz feliz, para estudar. Jogar toda a expectativa de sucesso da sua vida a um único dia, a uma única manhã, a um único resultado. Não tem como isso dar certo. E é o tipo de ilusão que eu já cai. De que vale a pena “sofrer o que eles não sofrem para viver o que eles sonham” OPA, mas a que preço? 

O ciclo se repete. Você jura que vai estudar com todo afinco, compra material, arruma sua mesa, senta a bunda 1 ou 2 dias, às vezes chega até a 1 semana focado… deleta as redes sociais, respira concurso…a hora é agora. Aí chega aquele dia que o desanimo bate, a preguiça chega junto, você resolve se dar um descanso. E não consegue voltar ao ritmo alucinante, e se culpa, e larga tudo pra lá se sentindo um lixo. E começa tudo de novo. Conheço gente que tá nessa a ANOS e não se toca.

Ah Thalita, então como eu vou passar? Respeitando seu limites, sua história, sua existência como um ser humano completo e não criando expectativas absurdas. Organizando seu tempo para o estudo, tornando isso um hábito no seu dia-a-dia. Aproveitando a trajetória do seu aprendizado. Assim que você vai passar. 

Estudar e passar em um concurso não precisa ser o pior período da sua vida. Sua vida é muito maior do que isso. Seja seu amigo, todo dia. Bom senso, meio termo e respeito a si mesmo ok? Pare de brigar e lutar por um padrão de comportamento que só existe na sua cabeça. Tenha mais compaixão consigo mesmo. Vai dar certo. Tamo junto.

Ranganathan não faz milagre, estudar sim!

Thalita Gama

Últimas turmas presenciais do ano!

Alô RJ, lembrando que sábado que vem começa a 2° turma do preparatório com foco na UFRJ. São 3 sábados de manhã: 2, 9 e 16 de dezembro.
Teremos também a turma de exercícios a tarde, 2 e 9 de dezembro.
Tem interesse? Manda um e-mail que te passo as orientações: santabiblioteconomia@gmail.com
As inscrições vão até a próxima terça dia 28/11.
(:

Black Friday: Desconto de 50% nas apostilas

Tem Black Friday no Santa Biblioteconomia também!
Todas as apostilas de bibliotecário com 50% de desconto:

TEORIA E EXERCÍCIOS PARA A PROVA DO IBGE – BANCA FGV –Investimento de R$ 50.00 por R$25,00

EXERCÍCIOS COMENTADOS IDECAN – FOCO CORPO DE BOMBEIROS DF – 100 exercícios da banca organizados por tema. Investimento de R$ 60,00 por R$30,00

EXERCÍCIOS COMENTADOS FOCO MARINHA DO BRASIL – 208 exercícios da banca organizados por tema. Investimento: de R$ 60,00 por R$30,00

EXERCÍCIOS COMENTADOS PREFEITURA DE NITERÓI – BANCA COSEAC – 110 exercícios da banca organizados por tema. Investimento de R$ 50.00 por R$25,00

EXERCÍCIOS COMENTADOS VUNESP – 110 exercícios da banca organizados por tema. Investimento de R$ 50.00 por R$25,00

APOSTILA FOCO UNIVERSIDADES – TEORIA + EXERCÍCIOS – Investimento de R$ 55,00 por R$25,00

Válido para compras até a próxima segunda dia 27/11.

.
Mande um e-mail para receber as orientações de compra! Santabiblioteconomia@gmail.com 
POR FAVOR E-MAIL, NÃO MENSAGEM!!!!

OBS: As apostilas de auxiliar de biblioteca não estão na promoção ok?

Vamos estudar meu povo 

Perspectivas 2018

E aí pessoal, como vocês estão? Foco nos estudos ou desanimo frente a escassez dos concursos?

Vim compartilhar algumas notícias mais animadoras, por exemplo, já foi encaminhado ao Congresso Nacional, o Projeto de Lei Orçamentária 2018 (a PLOA 2018). O documento traz, no seu Anexo V, as autorizações de criação de vagas e admissão de novos servidores para o ano que vem. E claro, quero que essa informações te ajudem a tomar a decisão certa: começar a estudar AGORA para aquele sonhado órgão e cargo. 

Outro ponto importante é que o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou, em entrevista coletiva, que a pasta autorizará a realização de novos concursos públicos no ano que vem. 
Segundo o ministro, as seleções precisarão acontecer em virtude das muitas aposentadorias de servidores, nos últimos meses. Dados do Planejamento mostram que 40% dos servidores se aposentarão até 2027, o equivalente a 216 mil. 
Dyogo Oliveira não precisou quais seleções serão autorizadas, mas revelou que o novo orçamento do governo federal para o ano que vem prevê R$600 milhões para os concursos e contratações. “(Será) para recomposição e melhoria da eficiência”, disse o ministro. 
Ainda de acordo com Dyogo Oliveira, todas as propostas de novos concursos serão analisadas pelo Planejamento. Desde 2015, quando o país começou a enfrentar grave crise financeira, o Ministério do Planejamento ‘pisou no freio’ nas autorizações de concursos, dando aval apenas para seleções urgentes.

Alguns exemplos de concursos que estão vindo por aí e podem ter o cargo de bibliotecário:

Concurso Ibama: o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis protocolou no MPDG documento que solicita concurso par ao órgão. A expectativa é que sejam 680 vagas para Analista Ambiental e Administrativo. O último concurso aconteceu em 2012 com 108 vagas. A remuneração para o cargo foi de R$ 5.441,24.

Concurso Anvisa: um estudo realizado ainda no ano passado mostrou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária possui um déficit de 697 profissionais. Por isso, a Anvisa solicitou concurso para o quadro de servidores. Os salários variam entre R$ 4 mil e R$ 10 mil, nível médio e superior. O último certame aconteceu em 2013 quandro foram ofertadas 314 vagas para os cargos de Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária (157), Analista Administrativo (29), Técnico em Regulação e Vigilância Sanitária (100) e Técnico Administrativo (28). O Cespe/Cebraspe foi a banca organizadora.

concursos 2018

Concurso ANTT: Agência Nacional de Transportes Terrestres já solicitou realização de certame para provimento de vagas no órgão. O último concurso aconteceu em 2013 para os cargos de Analista Administrativo, Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres, Técnico Administrativo e de Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres. O Cespe/UnB foi a banca organizadora. Foram 135 vagas com remuneração variando entre R$ 4.760,18 e  R$ 10.019,20.

Concurso ANEEL: órgão enviou pedido de concurso ao MPDG para provimento de 139 vagas para os cargos de Analista e Técnico Administrativo. Além de outras destinadas a Especialidades. O último concurso, aplicado pelo então Cespe/UnB, aconteceu em 2010, com 186 vagas. Os salários variavam entre R$ 4.548,47 e R$ 9.378,40.

Concurso INPI: órgão protocola pedido de concurso esperando aprovação das 360 vagas, sendo 120 para cargos com exigência de ensino médio e 240 para quem possui formação de nível superior, que devem ser abertas para pesquisadores, tecnologistas, técnicos e analistas. Vencimentos variam de R$ 3.573,00 a R$ 8.678,69. Com 8.836 inscritos, último concurso aconteceu em 2014, com abertura de 140 novos cargos. O então Cespe/UnB foi a banca organizadora.

Concurso DNIT: um pedido de concurso para o Departamento Nacional de Insfraestrutura de Transportes também tramita no MPDG. Não há confirmação do número de vagas, mas um pedido no ano passado constou 1.098 oportunidades para técnico e analista. O último certame foi em 2012 com 1.200 vagas disputadas por 116.807 inscritos. Vencimentos variavam de R$ 2.507,30 e R$ 7.815,81.

Concurso EPPGG: também tramita no MPDG o documento que pede a autorização de um concurso para Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental. O último certame foi em 2013, quando foram ofertadas 150 vagas. O subsídio básico ofertado, na época, conforme o edital, era de R$ 13.981,81.

Concurso Funasa: a Fundação Nacional da Saúde também solicitou pedido de concurso. Caso aprovado, serão 459 vagas efetivas. Serão 262 para o cargo de agente administrativo, que exige formação em nível médio, e as outras 197 são para cargos do ensino superior. Os vencimentos variam entre R$ 3.817 e R$ 5.519. O último certame foi em 2009 organizado pela Fundação Cesgranrio, com 411 vagas.

 

Concurso CADE: o Conselho Administrativo de Defesa Econômica também solicitou concurso. Com 110.23O inscritos, o último certame foi aplicado pelo Cespe/UnB, em 2014, quando foram ofertadas 18 vagas e formação de cadastro de reserva para Analista Técnico-Administrativo, Bibliotecário, Contador, Economista e Agente Administrativo. Os vencimentos variavam entre R$ 2.818,02 e R$ 5.334,90.

Concurso CNPq: o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico foi outro órgão que solicitoou pedido de concurso para o ano que vem. Com 12.270 inscritos, o último concurso aconteceu em 2010, organizado pelo Cespe/UnB. Foram 95 vagas para Analista em Ciência e Tecnologia Júnior, e Assistente 1. Os vencimentos na época variavam entre R$ 2.504,68 e R$ 4.549,63.

Concurso Funai: a Fundação Nacional do Índio foi outro órgão do executivo Federal que solicitou concurso para provimento de vagas. O último certame aconteceu em 2016, com provimento de 220 vagas para cargos em nível superior. A banca organizadora do certame foi a ESAF. 

Concurso Inmetro: Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia também protocolou pedido de concurso no MPDG e o documento já tramita no órgão. Realizado em 2014 pelo Idecan, o último concurso ofertou 80 vagas em nível médio e técnico. Na época, a remuneração inicial variava entre R$ 4.416,09 e R$ 7.573,99.

Concurso Iphan: foi protocolado ainda um pedido de concurso para o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Organizado pelo Universa, o último certame do órgão foi em 2009 quando foram ofertadas 117 oportunidades para analista e técnico. Os vencimentos variavam entre R$ 2.274,42 e R$ 3.257,22.

Concurso Ancine: a Agência Nacional do Cinema foi outro órgão que aproveitou para solicitar autorização de concurso no MPDG. Aplicado pelo Cespe/UnB, o certame aconteceu em 2013. No edital, foram ofertadas 69 vagas e 16.938 candidatos se inscreveram. Os vencimentos iniciais variavam entre R$ 9.263,20 e R$ 10.019,20.

 

Concurso Funarte: a Fundação Nacional de Artes protocolou no MPDG pedido de concurso para o órgão para realizar concursos 2018. O último evento aconteceu em 2014 quando foram destinadas 50 vagas sendo 28 para nível superior e 22 para nível médio. Os vencimentos variavam de R$ 4.247,82 e de R$ 2.818,02, respectivamente. Na época, a FGV foi a banca organizadora do certame que teve 8.966 candidatos inscritos.

concursos 2018Concurso Biblioteca Nacional: a Biblioteca Nacional também pediu concurso no MPDG. O último certame realizado para este órgão foi em 2014 com provimento de 40 vagas e remuneração em R$ 4.247,82. O Idecan foi a banca organizadora deste concurso. Foram 1.993 candidatos inscritos para os cargos de Bibliotecário, Arquivologista e auxiliar.

concursos 2018

Concurso Fundação Rui Barbosa: A Fundação Casa de Rui Barbosa foi outro órgão federal que solicitou autorização de concurso ao MPDG. O último certame foi em 2013 quando foram ofertadas 48 vagas e vencimentos entre R$ 2.041,31 e R$ 3.706,93. O Instituto AOCP foi a banca organizadora do certame. As vagas foram para Técnico, Analista e Assistente nas mais diversas áreas de atuação. Teve de bibliotecário inclusive.

concursos 2018

Concurso Fundação Cultural Palmares: organizado pelo Cetro Concursos Públicos, Consultoria e Administração, o último concurso para a Fundação Cultural Palmares aconteceu em 2013, com 11 vagas e remuneração entre R$ 2.570,02 e R$ 3.980,62. O concurso venceu em 2015. Por conta disso, o órgão protocolou pedido de novo concurso ao MPDG.

concursos 2018

Concurso CNEN: a Comissão Nacional de Energia Nuclear foi outro órgão que solicitou ao MPDG a realização de um concurso público para provimento de vagas. O último certame aconteceu em 2014 organizado pelo Idecan. Foram providos, conforme o edital, 86 cargos com remuneração inicial entre R$ 1.201,60 e R$ 10.742,87.

concursos 2018

Concurso ANA: a Agência Nacional de Águas também protocolou pedido de concurso para o órgão, outra oportunidade para o concursos 2018. A previsão é que sejam ofertadas 88 vagas para o novo concurso. A última seleção aconteceu em 2006 com 65 vagas para os cargos de Analista Administrativo e Especialista em Geoprocessamento e Recursos Hídricos. As remunerações iniciais para estes cargos eram de R$ 3.257,19 e R$ 5.535,59. O Cespe/UnB, organizador do certame, registrou 5.473 inscritos no certame.

concursos 2018

Concurso IBRAM: Instituto Brasileiro de Museus também pediu concurso no MPDG. No último certame, foram ofertadas 294 vagas para os cargos de Assistente, Técnico e Analista. Os vencimentos atuais são de R$ 3.066,02 para assistente e R$ 4.514,22 para técnico e analista.  A FUNCAB foi a banca organizadora do certame.concursos 2018

Referências desse post: https://goo.gl/fW41yQ

 

Ranganathan não faz milagre, estudar sim!

Thalita Gama